terça-feira, 1 de setembro de 2009

Churros

Churros chic da Xooro em LA

Não me recordo quando e onde foi a primeira vez que comi churros. Provavelmente foi numa praça ou parque, como de costume. Aquele tubo recheado com doce de leite envolto em uma crosta de açúcar e canela me deixou curioso por um bom tempo.

Como se faz? Por que é tão bom?

Dúvidas. Durante muito tempo as pessoas escondiam suas receitas. "Esse segredo eu não revelo", já ouvi muito esse papinho em restaurante. Não passam de medrosos. Sempre revelei minhas receitas sem medo de ser copiado. Afinal, a técnica, a sensibilidade na hora de preparar uma receita vem de cada um. Garanto que muitos de vocês que fazem alguma receita do blog, devem fazer do seu jeito, ou dar seu toque pessoal, mudando algum ingrediente ou adicionando outros.

Mas voltemos aos churros. Quando fui chef do Constantino Café tive a missão de fazer a massa do churros. Matei a curiosidade de infância. Poucos ingredientes, porém de uma complexidade imensa. Acertar o ponto certo da massa é muito difícil, ainda mais num ambiente aonde a temperatura e umidade do ar não são controlados.

Venci a batalha com méritos, pois era disparado a sobremesa mais pedida da casa. O churros ficou "padrão", como falamos na cozinha. Bem sequinho, frito na temperatura correta e com uma novidade na época (2005) : dip de nutella, além do tradicional doce de leite.

Outro dia parei no Le Bistrot e conversando com a querida Kaeterly Becker fiquei sabendo das novidades. Ela me disse que a cozinha dos dois restaurantes (Le Bistrot e Constantino) estão mais saudáveis do que nunca e as fritadeiras tinham sido abolidas das cozinhas.

"Menos a pequenina, que usamos pra fazer os churros, pois os clientes amam essa sobremesa", confessou a Kaeterly.

Quem diria que o doce do parque invadiria a zona nobre da cidade tornando-se glaumuroso com uma nova roupagem?

Essa receita é da famosa padaria Barcelona, de São Paulo.

Churros da Barcelona

Ingredientes - Quantidades
farinha de trigo - 1 kg
margarina - 200 g
açúcar - 100 g
sal - 10 g
água - 1 litro

Preparação:

- Leve ao fogo a margarina, o açúcar, a água e o sal.
-Quando estiver fervendo e tudo diluído acrescente a farinha de trigo, mexendo sempre com uma espátula para não empelotar.
-Assim que começar a desgrudar do fundo da panela, coloque em cima da mesa, espere esfriar um pouco, dê uma sovada e leve para o aparelho de fazer churros.
-Frite em óleo quente a 180º e seque em papel absorvente.
-Faça uma mistura de açúcar cristal com canela e passe por cima dos churros.
-Recheie com doce de leite, nutella ou invente o seu!

6 comentários:

  1. HHuumm que maravilha! Chegou dar água na boca!
    E quem não tem aparelho de churros... :(
    Será que dá pra fazer num outro formato e rechear?!! hehehe

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Churros...
    Hummmmmmmmmmmmm
    Amo de coração
    Bjinhos da Bela

    ResponderExcluir
  3. Nossa Lippe, fiquei morrendo de vontade!!
    Faz anos que nao como um churros! Na proxima ida ao Brasil, ficaras encarregado de me levar pra comer ou fazer o melhor churros pra tua mana aqui!!
    Bjos
    Nanda

    ResponderExcluir
  4. Liciane, fica difícil de fazer o churros sem a máquina pra formatar... Mas existe um aparelho que é súper em conta e muito prático. Se achar aonde vende, te aviso.

    Belinha, também amo de coração!

    Nanda, na Redenção tem uma carrocinha de churros...hehehe

    ResponderExcluir
  5. por isso que eles enfeitam meu twitter. =D

    ResponderExcluir
  6. Faço churros mas nunca consigo deixá-los sequinhos, o que faço?

    ResponderExcluir